Sobre o 1º Dia Mundial dos Avós

e A corrente "queridos Avós"

 

O Papa Francisco decidiu lançar o 1º Dia Mundial dos Avós e dos Idosos para que todas as famílias, a sociedade, a Igreja descubram e reconheçam cada vez mais o valor e a necessidade que todos temos das pessoas mais velhas. Nós, famílias schoenstatteanas junto com todas as famílias de Lisboa e oxalá de Portugal,  queremos dizer aos nossos avós e avôs, de sangue e de coração, que preciamos muito deles, que são um grande tesouro para nós! 

 

Temos consciência de que, para isto, o papel da geração do meio, a que está entre os avós e netos, é essencial!

- São os pais que fazem a primeira ligação dos seus filhos ao seu avô ou avó,

- são os pais que estimulam e promovem os encontros entre os netos e avós,

- são os pais que podem ir ajudando os filhos a descbrir a sabedoria dos seus avós,

- são os pais que precisam tanto dos avós para os ajudarem com a vida do dia a dia dos seus filhos,

- são os pais que podem estimular que os avós contem histórias da sua infância aos seus filhos, e são os pais que podem dizer aos seus filhos como os seus próprios pais foram e são importantes para a sua vida, e com isso contagiá-los.

Enfim... quanto mais o pai e a mãe valorizarem e demonstrarem o seu amor pelos seus pais e sogros, mais os  seus filhos valorizam os avós, e quanto mais a família valorizar os seus avós, mais a família valoriza e tem amor pelas pessoas idosas e com isso influencia a cultura de toda a sociedade!

 

Também temos consciência de que os Avós e Idosos têm muito a fazer para que este valor seja reconhecido, mas temso a convicção de que a geração do meio tem um papel muito muito importante, crucial mesmo! Na verdade é uma missão para toda a família: pais, avós e netos!

 

Por isso "vamos famílias: vamos entusiasmar-nos umas às outras e agarrar este momento com os nossos avós, de sangue e de coração.

O DESAFIO É ESTE: festejar o dia dos avós em família, a 25 de julho, num ABRAÇO que se expressa pelo amor, carinho, cuidado e por palavras que iluminam.
Propomos que cada família organize o seu picnic, o seu encontro, as suas brincadeiras e jogos para marcar este dia dos QUERIDOS AVÓS!

Como não é possível fazer encontros om muitas pessoas, o que propomos é que cada família faça o seu mas que não deixe agarrar este desafio.

Partilhem as vossas ideias e dicas e inspirem-se na dicas e ideias das famílias que já partilharam